Midcult

segunda-feira, julho 13, 2009

Gotta love this

Tem como não A-M-A-R comédia romântica? E quando essa comédia romântica é cheia de referências midcult? Impossível.

Só nesse trailer, o primeiro diálogo é sobre a minha música favorita dos Smiths, There is a light that never goes out. A parte que ela canta é “to die by your side, is such a heavenly way to die”. Lindo, não? Cá está a versão original:

Um pouco mais tarde, a protagonista diz que acha que todo mundo tem que pegar geral. O rapazote pergunta, então, se ela não acredita no amor, dizendo “é amor, não papai noel”. Quando ele conversa sobre o pé na bunda que a moça deu nele, o conselho é que ele “get over it”, coisa que repetimos sempre aos nossos amigos, não é? Ele surpreende: “I don’t wanna get over it, I wanna get her back”. Onnnnnnnnnnnnnn

Ao final, eles falam que são um casal tipo Sid & Nancy *. Tem como não amar? Existe referência mais rock and roll do que esta?

Como se não bastasse, a “Summer” do título é Zooey Deschanel, a minha nova atriz favorita que terá um post só para ela.

Nos EUA, o filme estreia esta semana. No Brasil, só em novembro. Espero que passe na sala Premier do Cidade Jardim. 🙂

Nádia Lapa, que AMA comédias românticas, especialmente quando não tem Seth Rogen no elenco. Se bem que ela não gosta de Seth Rogen nem em comerciais de tv. Hum. Ela acharia melhor, na verdade, que ele não existisse. É, é isso aí.

* Sid Vicious foi baixista do Sex Pistols. Inglês, era filho de um guarda do Palácio de Buckingham (!!!!!!). Em 1977, Sid conheceu Nancy, uma conhecida groupie viciada em heroína. Os dois viveram uma curta e conturbada relação, onde partilhavam seringas e muitas brigas. As coisas chegaram em um nível em que Vicious largou a banda e fez apresentações solo. Em 1978, Nancy foi encontrada morta com uma facada na barriga. O músico foi acusado pelo crime, cumpriu parte da pena em Rikers (quem vê Law and Order está familiarizado com a prisão) e voltou pra casa pelo pagamento de fiança. Ele tinha feito uma rehab na cadeia, e estava limpo do vício das drogas. Eis que sua amorosa mãe, na festa de comemoração da soltura do filho, compra heroína. Sid tem overdose, mas a nova namorada consegue ressuscitá-lo. Eles vão dormir lindamente, mas Vicious nunca acorda. A overdose foi fatal. Ele tinha 22 anos.

Anúncios

sábado, junho 6, 2009

O melhor amigo da noiva

Vi o estúpido filme do título deste post hoje. Eu estou muito num mood comédia romântica, e peguei esse na locadora. Achei que valeria a pena ver Patrick Dempsey nesta noite fria. Não faça o mesmo que eu – o filme não vale nem uma resenha medíocre num blog que é lido por umas três pessoas.

o-melhor-amigo-da-noiva1

FUJÃO desse filme.

Mas não fujam, de maneira nenhuma, da trilha sonora.

Os ótimos meninos do Fratellis dão pinta por lá. 

Mas não é só indie rock que tem por ali, não. Tem Frankie goes to Hollywood, Oasis…

01. Smash Mouth – Walkin’ On The Sun
02. Sara Bareilles – Love Song
03. Lenny Kravitz – Love Revolution
04. Kanye West – Golddigger
05. Dorthy Moore – Misty Blue
06. James Morrison – You Give Me Something
07. El Presidente – Without You
08. Snap – The Power
09. Kool & The Gang – Ladies Night
10. Jimmy Shand – The Gay Gordons
11. Eddie Reader – My Love Is Like A Red, Red Rose
12. The Fratellis – Henrietta
13. Oasis – Stop Crying Your Heart Out
14. Chris Isaak – I Want You To Want Me
15. The Tacticians – Respectfully Proceeding
16. Ray Charles – I Got A Woman
17. Frankie Goes To Hollywood – Two Tribes
18. Tomoyasu Hotei – Battle Without Honor Or Humanity
19. Dashboard Confessional – Stolen

Nádia Lapa

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.