Midcult

quinta-feira, junho 4, 2009

It’s Britney, bitch!

Filed under: Anedotas do jornalismo,Celebridades — Nádia Lapa @ 13:22
Tags:

Que as pessoas já perderam a noção há muito tempo, isso todo mundo sabe. Ontem saiu uma nota no Ego dizendo que Britney Spears mostrou “gordurinhas” em um show em Londres. Eis a foto que comprova:

britney

Sério, se isso aí é “gordurinha”, imagino o que diriam da  minha pança, então…

Nádia Lapa, a.k.a. pançudinha

quarta-feira, maio 20, 2009

Rapidinhas

Wanessa Camargo fará o papel de uma cantora (nossa, que criativo…) na versão brasileira de High School Musical. Os protagonistas do longa foram escolhidos através de um programa do SBT. Quase 18 mil jovens se inscreveram. As gravações já começaram no Rio de Janeiro e o filme estreia em outubro. Não posso deixar de perder. Afinal, Wanessa Camargo no elenco e seleção feita pelo SBT… (sério, eu andei em coma? não soube da existência desse programa, e sou absolutamente viciada em TV)

                                                                ***

O brasileiro João Carlos Rosman, o Kao Rosman, ganhou o prêmio de compositor estrangeiro do ano no Japão. A música Zoom Zoom Zoom, composta originalmente para o filme Only the strong, é a mais veiculada no Japão há seis anos. “Composta” é a maneira politicamente correta de falar, né? Afinal, a música toda é só “Zoom zoom zoom, capoeira mata um”, over and over again. É Carlinhos Brown fazendo escola!! (água água água mineral, água mineral, água mineral). O sucesso veio com o uso da canção em comerciais da Mazda. Aqui está o de 2008:

                                                              ***

Kerry Vine, ex-segurança de Britney Spears, entrou com um processo no tribunal de Los Angeles. Segundo ele, a cantora teria tido “contato nocivo e ofensivo sem seu consentimento”. O valor da indenização não foi informado pela imprensa americana. Cá pra nós, pra mim é um jeito fácil de ganhar dinheiro. Ele devia tentar compor uma música com várias palavras repetidas, não é? Bem mais garantido….

                                                               ***

amy_winehouse_ugly

Amy Winehouse mais uma vez volta aos tablóides. Aliás, de onde ela nunca sai… O The Sun publicou hoje que a cantora foi internada novamente em Santa Lucia, no Caribe. É a segunda vez no mês. Não há informações oficiais sobre o motivo da internação, mas teria sido por um ligeiro abuso de bebida alcóolica. A cantora tem show marcado em Londres dia 31 de maio, mas, aparentemente, não vai rolar.

                                                                 Nádia Lapa

 

domingo, maio 3, 2009

Britney: clássico?

Filed under: Clipes,Música — Nádia Lapa @ 09:00
Tags: , , ,

Acordando antes do mundo inteiro, não há muito o que fazer. Coloquei na MTV, pois nestes horários em que não há nenhuma audiência, sempre passa o Lab, melhor programa do canal atualmente – afinal, não tem nenhum VJ (vocês não têm a impressão de que todos entraram pelo sistema de cotas? neste caso, pra deficientes mentais?).

Pois bem, está no ar neste momento o Lab Clássicos. Acabou de tocar Baby one more time, da Britchney. Agora está rolando N Sync, com Tearin’ up my heart. Aposto quanto vocês quiserem que Justin Timberlake MORRE de vergonha desse cabelo dele com luzes. Mas, no caso dele, nem dá pra esconder todas as fotos (como fazemos na “vida real”). 

 

Tal qual Carla Perez, eu melhorei muito, tá? Beijomeliga.

Tal qual Carla Perez, eu melhorei muito, tá? Beijomeliga.

Agora me respondam: o que eu estava fazendo quando essas músicas viraram “clássicos” e eu não percebi?

Nádia Lapa, que sabe a letra das músicas. SHAME ON YOU!

 

Xerox, Fotocópia e Autenticada

Há milhões de anos, eu li que um pai havia registrado suas filhas com os nomes de Xerox, Fotocópia e Autenticada. Foi numa época pré-internet, quando Santo Google ainda não existia. Então, provavelmente essa história é verdade.

Pois bem. Este foi o nome escolhido para um post fixo “de sábado”, caso eu lembre de escrevê-lo toda semana. É pra falar de covers; pra analisarmos se a xerox acaba ficando mais bonitinha que o original.

Comecemos com a aniversariante do dia, Lily Rose Beatrice Allen. Hoje (dia 2) ela fez 24 anos.  Na curta carreira (primeiro álbum lançado em 2006), a cantora inglesa já fez covers de diversas músicas. 

Uma que gosto nas duas versões e não consigo decidir qual a melhor é Naive, originalmente gravada pelo The Kooks. Luke Pritchard, vocalista da banda inglesa, compôs a canção quando tinha apenas 16 anos. Eles tocarão em São Paulo dia 19 de junho. O show será no Via Funchal e eu estarei lá. 😉

A versão dos meninos:

A versão de Lily:

Continuando com as bandinhas indies, Lily regravou Oh My God em 2006. Os Kaiser Chiefs haviam lançado a música em 2004.

Eu prefiro a versão original…(até pq esses moços me fizeram muito feliz numa noite de novembro passado…)

Pode-se dizer que esta moça conhece seu público. Ela cantou Everybody’s changing, do Keane. Esta OUTRA banda inglesa já me fez bem feliz as well. Por duas vezes, a última bem recentemente. 

(eu não aguento mais essa música, então nem posso opinar sobre qual a mais legal…)

Pois a inglesinha foi buscar inspiração do outro lado do Atlântico. Heart of Glass, do Blondie, foi a escolhida. Por mais que a voz da Lily fique bonitinha na música, não dá pra competir com o lançamento original, de 1979.

E ela fincou mesmo os pés nos EUA. Recentemente fez uma versão de Womanizer, da Britchney (eu sei q tá escrito errado, tá?).  Curti.

Ela também se inspirou num “cantor” americano pra fazer a Nan, you’re a window shopper. Neste caso, não foi um cover. Foi uma espécie de paródia, mesmo. Enquanto o rapper 50 cent (blerght) gravou Window Shopper, que fala de coisas caras, de quão fodão ele é por comprar coisas, Lily fala justamente o contrário. A música da cantora seria sobre a avó, que é pão-dura. A melodia das duas músicas é bem parecida.

Voltando à terra natal, Lily fez covers de duas músicas de compatriotas. A ótima Don’t get me wrong, dos Pretenders (gravada em 1986) 

e Straight to hell, do Clash, originalmente lançada em 1982

Não dá pra escolher qual a melhor das duas, pois uma banda que tem London Calling no currículo não pode nem ser posta à prova…

Vamos ver qual será a nova de Lily Rose. 

Nádia Lapa

Blog no WordPress.com.