Midcult

quinta-feira, agosto 13, 2009

O humor de Caio F.

Podem dizer que somos monotemáticas! E daí?

Inspirada no post Eu te amo, Caio, escrito pela Nádia hoje, preciso compartilhar algo fantástico de nosso querido Caio Fernando Abreu. No ápice da depressão, ele conseguia reproduzir a própria angústia com um humor que me fez gargalhar vergonhosamente. É o trecho de uma carta à amiga Jacqueline Cantore, publicado na biografia feita por Jeanne Callegari:

“Abobrinha 2 (somente para iniciados):

Abobrinha 2a. S’as o que o Caio Fernando Abreu disse quando viu o Jaburu do outro lado da calçada?
– Como é que estou do outro lado, se estou aqui?

Abobrinha 2b. S’as o que o Jaburu, do outro lado da calçada, fez quando viu o Caio Fernando Abreu? Gritou:
– Jaburú-ú!”

Quem ousa supor que ele não era sensacional?

Cintia Santiago

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: