Midcult

quarta-feira, julho 1, 2009

Mega vergonha alheia

Além do vergonhoso caso dos Piratas, o twitter e os blogs têm sido abalados pelo plágio da jornalista Cecília Santos.

Cecília trabalha no caderno de cultura do jornal O Estado, de Palmas, no Tocantins, mas poderia trabalhar em qualquer lugar com algum acesso à internet – o control c + control v da moça é frenético.

Descobriram a tática da jornalista com uma crítica ao filme Transformers 2. Escrito originalmente por Marcelo Hessel para o Omelete, o texto foi copiado integralmente; apenas a última linha do jornal foi adicionada, talvez para resolver problemas de diagramação.

Depois que a fraude foi revelada, surgiram diversos outros textos copiados por Cecília no passado. Com a internet, ficou muito mais prático copiar texto alheio, mas é muito mais fácil ainda descobrir.

Na Cásper Líbero, onde eu e Cintia estudamos, há um grande terrorismo por conta do plágio.  É óbvio que, apesar das ameaças, muita gente deve copiar ao menos trechos de outros autores para incluir no trabalho. Foi o que aconteceu com uma colega de classe ano passado. O exercício era em grupo e outras pessoas desconfiaram do texto impecável (não que as pessoas não sejam capazes disso, mas a linguagem de um texto mais acadêmico acaba sendo diferente do nosso – que tende a ser coloquial). Batata! Foi só jogar as frases no Google (sempre ele, o Santo das novas gerações) que se descobriu a fraude.

Não culpem só os jornalistas ou os estudantes da área. Ano passado, por exemplo, tirei umas fotos do Teatro Amazonas à noite, todo iluminado e com a árvore de Natal acesa. Não sou fotógrafa, mas confesso que a foto ficou bonita. Coloquei num álbum do Orkut. Não é que uma ex-colega de colégio colocou a imagem no próprio Orkut sem dar o crédito? E ela é da área da saúde.

Então, antes que comece o blábláblá sobre a exigência do diploma ter caído, reitero o que já disse antes: Ética (é, com E maiúsculo) não se aprende num banco de escola. Aos que defendem a moça, dizendo que ela não fez nada de mais, “coitada, mora no Tocantins”… pensem: e se fosse o SEU texto copiado? Quem mora nos lugares esquecidos do Brasil tem passe-livre da cadeia? Então por qual razão a CPI da Pedofilia esteve (ou está, não sei ao certo) em Manaus? Ora, parte dos acusados é de Coari, uma cidade cercada de floresta por todos os lados. Por estarem “esquecidos” neste lado do Brasil eles poderiam justificar seus atos?

Ética e moral existem – ou deveriam existir – em todos os lugares. Vale pra todo mundo, não importando profissão, classe social ou posição geográfica. Sabemos que não é assim. A certeza da impunidade e as defesas furadas de quem afronta a moral é que permitem que se continue agindo dessa maneira.

Leu e gostou? Dê o crédito. Pergunte ao autor se pode usar o texto. Coloque aspas. Às vezes a gente pensa “putz, isso tá perfeito, queria eu escrever desta maneira”, né? (Eu penso isso quando leio alguns textos do Caio Fernando Abreu, Antônio Prata, Milton Hatoum, Nabokov e tantos outros.) Mas, se alguém já fez isso antes e você não consegue superar, admire, dê o feedback positivo. Não engane. É muito mais desmoralizante ser visto como amoral do que como incompetente.

Nádia Lapa

Ah, sobre o assunto, leia:

Comunique-se

Justificando o injustificável

A culpa é do diagramador

Mais Cecília Santos…


11 Comentários »

  1. passei por isso esta semana, nádia. um senhor copiou um texto do Blog do Meu Pai e colocou como a abertura do blog dele, com algumas adaptações (para pior, quase estraga o que eu escrevi). reclamei, ele duvidou da minha autoria mas disse que iria cooperar. muita raiva nessa hora.

    Comentário por telinha — quarta-feira, julho 1, 2009 @ 17:20 | Responder

    • Eu sei, Tela!
      Até lembrei de ti, ia comentar, mas o post ficaria muito longo.
      A cara de pau não tem limites!!!

      Beijo

      Comentário por Nádia Lapa — quarta-feira, julho 1, 2009 @ 17:26 | Responder

  2. outro exemplo de RT sem @… @jocelioleal copiou ontem do #aerolula a informação Q o aerolula é um airbus… e não deu o crédito…

    Comentário por Norton Lima Jr — quarta-feira, julho 1, 2009 @ 21:10 | Responder

  3. será que afinal o jornal publicou a retratação hoje, como havia prometido?

    Comentário por denise bottmann — quinta-feira, julho 2, 2009 @ 22:29 | Responder

    • Não sei. Você ficou sabendo de algo?

      Comentário por Nádia Lapa — sexta-feira, julho 3, 2009 @ 09:55 | Responder

  4. Quero saber quem é que plagiou na sala, hahahaha

    Comentário por Tathi — terça-feira, julho 7, 2009 @ 17:33 | Responder

    • Segreeeeeeeeeeeedo.

      Comentário por Nádia Lapa — quinta-feira, julho 9, 2009 @ 09:13 | Responder

  5. “Aos que defendem a moça, dizendo que ela não fez nada de mais, `coitada, mora no Tocantins´… pensem: e se fosse o SEU texto copiado? Quem mora nos lugares esquecidos do Brasil tem passe-livre da cadeia?”

    Apenas quanto à afirmação dos lugares esquecidos do país, creio que você precise ler um pouco mais e viajar mais ainda…

    Comentário por Thiago — quinta-feira, agosto 13, 2009 @ 10:28 | Responder

    • Thiago,

      Antes de criticar, leia novamente meu texto. Eu disse ali que algumas pessoas justificam o ato da jornalista com esta desculpa.

      Eu de fato preciso viajar mais e ler muito mais ainda, mas não pelo motivo que você imagina. Sou nascida e criada em Manaus e tenho muita consciência do que é ser da Amazônia.

      E dizer que os povos amazônicos não são esquecidos é de uma ingenuidade que espanta.

      Comentário por Nádia Lapa — quinta-feira, agosto 13, 2009 @ 10:33 | Responder

  6. Prezada Nádia!

    Compartilho com você a indignação de se plagiar um texto, uma idéia. No entanto, gostaria de dizer que achei lamentável uma pessoa que faz uma faculdade do nível da Cásper, ser tão mal informada a respeito do que acontece no país.

    Assim como plagiar um texto é uma forma de incompetência, trabalhar na área da informação e falar o que não sabe também não é nada louvável. O Tocantins não é um lugar esquecido do Brasil. Muito pelo contrário. Trata-se de um estado com grande desenvolvimento econômico, social, ambiental e de grande valia para o nosso país.

    Procure se informar melhor antes de publicar seus textos.

    Abraços.

    Caroline Tavares

    Comentário por Caroline Tavares — quinta-feira, agosto 13, 2009 @ 10:36 | Responder

    • Caroline,

      E eu acho lamentável que, apesar de você escrever português corretamente, você não saiba interpretar um texto.

      Não foi minha intençào no texto, mas após o comentário do Thiago e agora com o seu, repito: tapar o sol com a peneira não vai fazer do Tocantins, do Amazonas ou do Acre estados relevantes no cenário nacional.

      Comentário por Nádia Lapa — quinta-feira, agosto 13, 2009 @ 10:50 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta para Caroline Tavares Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: