Midcult

domingo, junho 28, 2009

Para a FLIP aí vou eu!

Gay Talese, um dos maiores nomes do New Journalism, estará na Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP), que começa dia primeiro de julho. O escritor falará numa das mesas do evento sobre o tema “fama e anomimato” – nome de um dos seus livros mais famosos – e divulgará sua mais recente publicação, Vida de Escritor.

O New Journalism – ou jornalismo literário – propõe que se produza literatura contando histórias; fatos reais expostos de uma forma criativa e com alto teor de sensibilidade. Para isso, o jornalista precisa estar atento a tudo – a qualquer detalhe. A menor atitude de um personagem pode enriquecer e tornar a história muito mais bela e interessante.

Em suma, não é pra todo mundo. E Talese faz isso como ninguém. Não, não estou esquecendo-me de Truman Capote, autor de títulos como A Sangue Frio e Bonequinha de Luxo. Este é assunto para um outro post.

Bom, estarei na FLIP ansiosa para ouvir o que Gay Talese tem a dizer.

Ah, e tem a mesa de debates com Chico Buarque, também. Neste ano, a Festa rende homenagens ao escritor brasileiro Manuel Bandeira.

Cintia Santiago

Anúncios

3 Comentários »

  1. Oi, Cintia. Tudo bem? Sou a Cecília e trabalho na Edelman, que é a agência de comunicação da Jorge Zahar Editor. A Zahar também estará presente na Flip com o autor do livro Cinefilô, Ollivier Pourriol, lançado recentemente. Ele fará uma palestra na Casa de Cultura, dia 02, sobre Cinema e Filosofia usando trechos de filmes como Blade Runner, X-Men e Matrix para falar de conceitos filósoficos. Mais informações – http://www.zahar.com.br/noticias_eventos.asp
    Fica aí nossa dica!
    Um abraço!

    Comentário por Cecília — segunda-feira, junho 29, 2009 @ 17:18 | Responder

    • Olá, Cecília, como vai? Agradeço pelo convite. Passarei pela Casa de Cultura, certamente.
      Um abraço e obrigada pela visita ao blog.

      Comentário por Cintia Santiago — segunda-feira, junho 29, 2009 @ 22:15 | Responder

  2. Eu gosto pra caramba de Manuel Bandeira. Graças a ele tirei 10 na redação do vestibular quando entrei em Jornalismo:) Acho que o pessoal ficou espantado ao ver um moleque que nem tinha feito 17 anos citando o poeta no texto.

    E aproveite a FLIP por mim:)

    Comentário por Expedito Paz — quarta-feira, julho 1, 2009 @ 01:01 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: