Midcult

sexta-feira, junho 12, 2009

E o ego, vai bem?

Adam Lambert, segundo colocado na oitava temporada de American Idol, ainda está dando o que falar. Capa da Rolling Stone americana deste mês, o cantor admitiu na revista que é gay (coisa que todos nós já sabíamos).

rolling stone

Na mesma matéria, há a revelação de que Lambert teve um certo crush pelo vencedor do programa, Kris Allen.  Ao perceber que Kris seria seu companheiro de quarto, Adam pensou: “droga, me colocaram justamente com o gatinho”. Ele disse à Rolling Stone, ainda, que Kris era o único do grupo de competidores que seria o tipo de Lambert… isso se não fosse pela esposa de Allen.

Na final do programa, o Kiss estava entre as diversas atrações da noite. Adam Lambert cantou com eles:

Gene Simmons, baixista e vocalista da banda, tem feito inúmeros comentários absolutamente irrelevantes a respeito de Lambert e que denotam todo o rei que ele PENSA ter na barriga. A última dele é a recomendação de que o jovem cantor deveria ir cantar com o Queen ou na Broadway, em vez de falar sobre suas preferências sexuais à Rolling Stone, simplesmente porque “ninguém liga”.

Quando questionado sobre o que achou de tocar junto com Lambert na final do American Idol, Simmons deixou qualquer humildade de lado (será que ele tem alguma?) e disparou: “Como foi pra ele tocar conosco, você quer dizer? Bom, você tem que pensar em quem manda e em quem é o cachorrinho nesta história toda”.

Vamos recapitular:

– Em 2002, Gene Simmons deu uma entrevista onde dizia ter transado com mais de mil mulheres. Ele disse “se você quer me receber de braços abertos, esteja certa que terá de estar com as pernas abertas também”. Um lord, não?

– Em diversas ocasiões, o baixista disse que a culpa pela decadência da indústria fonográfica é dos fãs (é, aqueles mesmos que lotam os shows da banda). Segundo o super simpático músico, nós todos deveríamos ser processados por compartilhar arquivos online.

– Sua música conhecida, Rock and roll all nite, é de 1975. É, ela foi lançada há 34 anos. TRINTA E QUATRO.

– Você usa maquiagem e roupas bizarras pra entrar no palco. Quando tentou mudar isso, sua banda sofreu declínio.

– No palco, há inúmeros efeitos pirotécnicos, fumaça, luzes.

– Você fez diversos show caça-níqueis ao redor do mundo, já que não lança material inédito há mais de uma década.

– A língua. Ai, gente, a língua.

Simmons deveria baixar a bola. Acho que hoje, “ninguém liga” é pro Kiss, isso sim.

Nádia Lapa, que não era fã do Adam, mas não suporta gente que se acha

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: