Midcult

sábado, maio 30, 2009

A TV que funciona

Nunca pensei em trabalhar em TV. Aliás, até poucos anos atrás eu nem sequer pensava em ser jornalista. Hoje não me vejo fazendo outra coisa.

Tenho uma prima que trabalha na Rede Amazônica, na TV Globo de lá da nossa (não) saudosa terrinha. Por intermédio dela, entrevistei a Daniela Assayag, conhecida repórter amazonense. Quase todas as matérias de lá que você vê na Globo são com a narração da ex-cunhã-poranga do Caprichoso (não sabe o que é cunhã poranga e nem Caprichoso? dá um google aí!). A entrevista foi uma das coisas mais legais que já fiz desde a decisão de mudar meus caminhos. 

Daniela falou sobre o poder da TV, e como ela queria usar esse meio para mostrar que a Amazônia não é “só bichinho e plantinha”. Mesmo tendo consciência do alcance que a TV pode ter, não me sinto seduzida por isso. Minha vontade, até agora, é trabalhar com impresso.

Só há um programa que, às vezes, me faz mudar de ideia. É o Profissão Repórter, da TV Globo. Ele começou timidamente em 2006 como quadro do Fantástico. Em 2008, tomou seu lugar na grade fixa da emissora, sendo transmitido às terças, logo após o Toma lá, dá cá. Eu sempre assisto na GloboNews, aos sábados, 21:05 h. 

caco

Caco Barcellos é o apresentador do programa. O queridinho da Faculdade Cásper Líbero, onde estudo, já publicou dois livros-reportagem (ou livros-reportagens?) que gosto muito: Rota 66, o meu preferido,  e Abusado, sobre o tráfico de drogas no Morro Dona Marta, no Rio de Janeiro. O jornalista ganhou o prêmio Jabuti pelas duas obras. 

A direção do Profissão Repórter fica a cargo de Marcel Souto Maior. Ele também é autor de dois livros que recomendo fortemente. As vidas de Chico Xavier é a biografia de um dos seres-humanos mais importantes que já pisou nesta terra; e Por trás do véu de Ísis é uma investigação acerca do fenômeno da psicografia. É claro que os espíritas podem se identificar mais facilmente com os assuntos abordados, mas não só eles. O próprio jornalista diz-se cético em relação à doutrina. 

 

O diretor do Profissão Repórter, Marcel Souto Maior

O diretor do Profissão Repórter, Marcel Souto Maior

O Profissão Repórter desta semana mostrou o trabalho de bombeiros, salva-vidas e socorristas voluntários. A delicadeza da repórter Júlia Bandeira, ao emocionar-se no reencontro com um rapaz personagem de um programa de dois anos atrás, é tocante. O cuidado de Mariane Salerno, ao avisar a uma das repórteres candidatas a uma vaga no programa de que deveria ficar mais longe do acidentado, chega a dar orgulho.

As emoções afloram no programa, mas sem aquela veia de sensacionalismo que outros jornais trazem. Jovens, os repórteres se identificam com os personagens e trazem à tona tudo aquilo que nós, “pessoas normais”, sentiríamos se ali estivéssemos. 

Profissão Repórter é um programa muitíssimo bem feito, extremamente bem editado e com pautas interessantíssimas. É a prova de que é possível, sim, fazer TV aberta de qualidade, sem perder audiência e com cunho social. Não seria possível esperar algo diferente de Caco Barcellos e Marcel Souto Maior.

Para assistir o excelente programa, fique de olho nos horários e canais que disse aí em cima. No site há as edições que já foram ao ar. 

Rota 66 está saindo por 32,20 na Saraiva e na Siciliano (online). Nas duas lojas, o Abusado custa pouco mais de 46 reais.

Já para comprar os livros de Marcel Souto Maior, vá até o Submarino e compre As vidas de Chico Xavier por 30 reais. As lágrimas vêm de graça (sério, se você não se emocionar com o livro, é pq é uma pedra de gelo). Você encontra o Por trás do véu de Ísis por 24 reais na mesma loja. Se você for meu amigo, pode até ser que eu te empreste algum deles. 

Em 2 de abril de 2010 estreia o filme baseado na biografia do Chico escrita pelo Marcel Souto Maior. Eu estarei no cinema. Chorando baldes. Olha aqui o trailer:

Nádia Lapa

 

Anúncios

3 Comentários »

  1. O filme será, além da homenagem a um grande homem, ótimo material para um certo trabalho que virá por aí. 🙂

    Comentário por Cintia Santiago — sábado, maio 30, 2009 @ 23:16 | Responder

  2. Pior que toda vez que escrevo “funciona”, tenho vontade de escrever “fonciona” em homenagem ao nosso professor de photoshop.

    Hahahah

    Beijo.

    Comentário por Nádia Lapa — domingo, maio 31, 2009 @ 01:39 | Responder

  3. gostaria de saber se ha novos livros do caco barcellos e como obeter os progrmas de tv

    Comentário por nicolau cabral — quarta-feira, julho 8, 2009 @ 07:17 | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: